"Só chega para quatro dias." Reservas de sangue do tipo negativo em níveis baixos

Presidente da Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue diz que a situação é considerada preocupante. Apesar da pandemia, a campanha de recolha de sangue está a correr acima das expectativas, mas não chega.

As reservas de sangue do tipo negativo estão em níveis baixos. As dádivas de sangue costumam sempre baixar no verão, devido às férias, mas a situação é considerada preocupante.

"São os grupos [de sangue] negativos que estão em níveis considerados pouco razoáveis. Temos, neste momento, [reservas] para O, A e B negativo para quatro dias", lamenta Alberto Mota, presidente da Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue.

Sobre a campanha de recolha em curso, o responsável diz à TSF que "está a correr acima das expectativas", mas aponta algumas limitações nas dádivas por causa da vacinação contra a Covid-19.

A dádiva de sangue não pode ter férias, sublinha o presidente da Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue.

Até 23 de agosto, a federação faz recolhas de sangue em várias praias do país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de