Saldo natural negativo da população agravou-se pelo 12.º ano consecutivo em 2020

O INE revelou que em 2020 nasceram 84.426 crianças de mães residentes em Portugal, menos 2.153 crianças do que em 2019.

O número de nascimentos em 2020 diminuiu em relação a 2019 e o número de mortes em Portugal aumentou, fazendo agravar pelo 12.º ano consecutivo o saldo natural negativo, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística.

O INE revelou que em 2020 nasceram 84.426 crianças de mães residentes em Portugal, menos 2.153 crianças do que em 2019, o que significou uma redução de 2,5 por cento.

Quanto à mortalidade, 123,358 pessoas residentes morreram em 2020, mais 11.565 do que no ano anterior, o que significa um aumento de 10,3%.

Isto traduz-se num "forte agravamento do saldo natural" (a diferença entre os dois), que passou de -25.214 para -38.932.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de