Sindicato do SEF sobre fuga de migrantes."É um problema para a imagem do país"

O último caso aconteceu ontem, no aeroporto de Faro, com a fuga de seis migrantes.

O Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF está muito preocupado com as fugas dos migrantes nos aeroportos de Faro e do Porto. Em poucos dias, 9 migrantes evadiram-se dos centros de instalação temporária nos dois aeroportos.

O presidente do sindicato, Acácio Pereira, não esconde a apreensão. "Esta questão além de ser um problema de segurança é também um problema para a imagem do país".

"Temos uma barreira de segurança que foi extinta e a segurança destes cidadãos é feita por empresas privadas que não têm competencia nem saber para este tipo de atuações", explica Acácio Pereira.

O último caso aconteceu esta segunda-feira no aeroporto de Faro, com a fuga de seis migrantes. Três já foram capturados, mas outros três continuam em fuga. Fazem parte do grupo de migrantes que desembarcou em Vale do Lobo, no mês passado.

"Estes espaços equiparados a centros de instalação temporária não são adequados a estas situações. é um situação de recurso porque o país não dispõe de instalações condignas para este tipo de situação"

Acácio Pereira avisa que se nada for feito, as fugas de migrantes vão voltar a acontecer. "É um facto que vai voltar a acontecer se não forem tomadas as devidas adaptações", considera o responsável do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de