Sismo de magnitude 4.6 sentido no Faial. É o sétimo nas últimas 24 horas

Arquipélago encontra-se "em plena crise sísmica" e registou esta sexta-feira um novo tremor de terra na ilha do Faial.

Um sismo com magnitude 4.6 na escala de Richter foi sentido esta sexta-feira no Faial. É o sétimo com magnitude superior a 3 nas últimas 24 horas, numa zona onde a atividade sísmica se encontra acima dos valores de referência.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) o abalo foi registado às 06h47 locais (07h21 em Lisboa) e teve epicentro a cerca de 35 quilómetros a oeste do Capelo.

Foi sentido na freguesia do Capelo com intensidade máxima IV na escala de Mercalli modificada, mas não há registo de que tenha provocado danos. Em declarações à TSF, os bombeiros do Faial dizem não ter recebido qualquer pedido de ajuda.

Segundo o IPMA, este é considerado um sismo moderado: "os objetos suspensos baloiçam. A vibração é semelhante à provocada pela passagem de veículos pesados ou à sensação de pancada duma bola pesada nas paredes. Carros estacionados balançam. Janelas, portas e loiças tremem. Os vidros e loiças chocam ou tilintam. Na parte superior deste grau as paredes e as estruturas de madeira rangem."

Já na quinta-feira foram sentidos naquela ilha do grupo central dos Açores outros seis terramotos com magnitude superior a 3 na escala de Richter.

Desde 3 de novembro que a zona oeste do Faial tem vindo a registar um aumento da atividade sísmica. Em declarações à TSF em novembro, Rui Marques, presidente do Centro de Informação e Vigilância Sismo-Vulcânica dos Açores explicou que o arquipélago se encontra "em plena crise sísmica".

Notícia corrigida às 9h50

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de