Surto de Covid-19 nas colheitas do Sudoeste Alentejano só tem cinco casos positivos

Agricultores não compreendem o "alarme" das palavras de António Costa.

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) não percebe as palavras desta terça-feira do primeiro-ministro sobre os surtos de Covid-19 que estão a surgir em regiões com colheitas.

O presidente da CAP ouviu António Costa e procurou perceber o que se passa no Sudoeste Alentejano onde Odemira é um dos concelhos acima da linha vermelha do desconfinamento e em risco de não avançar na próxima e terceira fase marcada para 19 de abril.

Eduardo Oliveira e Sousa explica à TSF que chegou a ser contactado pelo Ministério da Agricultura e depois de ouvir as declarações do primeiro-ministro contactou a associação local de agricultores pois o Sudoeste Alentejano é hoje a única região com colheitas sazonais.

"Aquilo que consegui obter são cinco casos positivos recentes e sem agravamento nas últimas semanas face ao que aconteceu nos meses anteriores, num total de 15 mil trabalhadores, o que é manifestamente pouco", relata o representante nacional dos agricultores.

"Há de haver alguma coisa que me estará a escapar pois não estou a perceber onde está o alarme", diz Eduardo Oliveira e Sousa.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de