Surto em lar de Torres Vedras com 72 casos de Covid-19

O Lar de Nossa Senhora da Luz, na localidade de Paradas, conta com 48 utentes e 24 funcionários infetados.

O número de pessoas infetadas com Covid-19 no Lar de Nossa Senhora da Luz, em Torres Vedras, aumentou esta quinta-feira para 72, das quais cinco estão hospitalizadas e outras dez a ser transportadas para o hospital, informou a Câmara.

Os 160 testes efetuados a utentes e profissionais do Lar de Nossa Senhora da Luz, na localidade de Paradas, freguesia de A-dos-Cunhados, resultaram "positivo para um total 48 utentes e 24 funcionários", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Torres Vedras, Carlos Bernardes.

O surto no Lar de Nossa Senhora da Luz, o único ativo no concelho de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, foi detetado na segunda-feira. Até ao final do dia de quarta-feira tinham sido confirmados resultados positivos respeitantes a cinco utentes e três funcionários.

Além do aumento para um total de 72 casos, a situação levou já "ao internamento de cinco utentes" e, segundo o autarca, "há mais dez que necessitam de observação médica e que estão hoje a ser transportados para o Hospital de Torres Vedras".

À Lusa, Carlos Bernardes disse ainda que no lar "foi criada uma área Covid e outra não Covid, para permitir o isolamento dos utentes infetados", não sendo necessária a retirada dos idosos para outras instalações.

A Lusa tentou, sem sucesso, obter mais esclarecimentos junto da direção do Centro Paroquial Nossa Senhora da Luz.

Na sua página da rede social Facebook, a instituição publicou na segunda-feira um comunicado esclarecendo que, "tendo em conta o atual cenário de surto" de Covid-19, a instituição "tomou as medidas preventivas recomendadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e implementou o seu Plano de Contingência, procurando garantir a segurança dos seus utentes e colaboradores, e que a situação está a ser acompanhada pelas autoridades de saúde".

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 708 mil mortos e infetou mais de 18,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.743 pessoas das 52.061 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de