Taberna das ruas do mundo

André é um cidadão do mundo que gosta de cozinhar e é pago para isso. Uma vida em bolandas que parou, para já por Lisboa. Já para a semana o internacionalíssimo "Lisbon Bar Show" abre as portas da sua 6ª edição.

André Magalhães nasceu em Luanda, mas viveu a sua infância na pequena localidade de Gabela onde o pai dirigia um centro de investigação de café e mãe dava aulas. Com a descolonização a família mudou-se para Portugal.

Depois de passar pelo colégio jesuíta das Caldinhas em Santo Tirso, veio para Almada onde não chegou a terminar o 12º ano, uma vez que num programa de intercâmbio escolar foi estudar para os Estados Unidos.

Andou pela Suécia, pelas Caraíbas e por França onde esteve ligado à produção de cinema e televisão, mas nunca se esqueceu de praticar a sua paixão pela cozinha. Abriu a Taberna da Rua das Flores em 2012, recentemente a Taberna Fina no Le Consulat e a Taberna Macau, todas em Lisboa.

O mundo em Lisboa

Alberto Pires pensou o "Bar Lisbon Show" como um evento internacional que não ficasse atrás de outras iniciativas que ocorrem no mundo. E, ao que parece, conseguiu os seus intentos.

O Lisbon Bar Show tem desde o início participantes de Lisboa a Nova Iorque, de Londres e Singapura e conta com uma série de "gurus" da área que promovem em Lisboa as suas conferências. Há dois anos, por exemplo, esteve por cá Tony Conigliaro, conhecido por "bartender cientista".

As portas abrem dia 14 de maio, até ao dia 15 e são mais de 400 barmans que mostram os produtos de grandes e pequenas marcas. Este ano, vai estar presente a "assistant manager" do bar Dandelyan do Hotel Mondrian em Londres, considerado o melhor do mundo pela "The World"s 50 Best Bars".

Augusto Freitas de Sousa (boavida@tsf.pt)

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de