"Tão preocupante como os incêndios." Bombeiros pedem a idosos que se protejam do calor

Fernando Curto, da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, garante que as equipas estão em alerta e, se for necessário, há um reforço de meios.

O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais pede atenção redobrada aos idosos em relação ao calor. Com a previsão de altas temperaturas para os próximos dias, Fernando Curto garante que as equipas estão em alerta e, se for necessário, há um reforço de meios.

"Há um reforço grande considerável por parte das equipas de bombeiros, não só em equipamento como também um alerta no sentido de poder haver um reforço de intervenção por parte dos meios humanos", sustenta.

Em entrevista à TSF, Fernando Curto afirma que, no que diz respeito aos mais velhos, as ondas de calor "são tão preocupantes como os incêndios".

Num primeiro olhar para os incêndios deste verão, Fernando Curto diz que ainda é cedo para balanços e não se pode descurar cuidados, mas os dados são positivos.

"Em relação aos anos anteriores, tem sido satisfatória. Está até abaixo dos parâmetros daquilo que têm sido os incêndios para esta data do ano. Agora, efetivamente, teremos de ter todos os cuidados, não podemos descansar, não podemos estar relaxados, mas, sim, alerta, no sentido de que as coisas - pelo menos não piorando - se mantenham neste contexto", remata.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de