Taxa de mortalidade infantil em 2020 foi a mais baixa de sempre em Portugal

Trata-se do "valor mais baixo alguma vez registado em Portugal" e o segundo ano consecutivo em que a taxa de mortalidade infantil decresce.

A taxa de mortalidade infantil em Portugal em 2020 foi a mais baixa de sempre, divulgou esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE), que registou 205 mortes de crianças com menos de um ano.

Nas Estatísticas Vitais de 2020, que foram publicadas esta terça-feira, o INE salientou que morreram em 2020 menos 41 crianças com idade inferior a um ano do que em 2019, o que significa uma taxa de 2,4 mortes por mil nascimentos, que em 2019 tinha sido 2,8.

Trata-se do "valor mais baixo alguma vez registado em Portugal", assinala o Instituto, cujos dados indicam que é o segundo ano consecutivo em que a taxa de mortalidade infantil desce.

Na última década, o valor mais alto verificou-se em 2012, com uma taxa de mortalidade infantil de 3,4.

Reportando-se a dados de 2019, o ano mais recente para o qual se podem comparar dados, o INE refere que Portugal era o décimo país da União Europeia com maior taxa de mortalidade infantil.

A média dos 27 estava nesse ano nos 3,4 por mil nados-vivos.

O país com a taxa mais baixa era a Estónia (1,6 por mil) e Malta era onde se verificava a taxa mais alta (6,7 por mil).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de