"Temos de passar a mensagem: jovens têm de se vacinar"

António Lacerda Sales sublinha, ainda assim, que é importante sensibilizar os jovens para serem vacinados.

O secretário de estado da Saúde considera que as linhas vermelhas, que dizem respeito à capacidade dos hospitais, estão longe de ser ultrapassadas.

"Nós temos linhas vermelhas. Ainda há pouco tempo saiu um relatório de linhas vermelhas que mantém os 1500 como número para internamentos nas unidades hospitalares e os 245 para as Unidades de Cuidados Intensivos. Ainda estamos relativamente longe dessas linhas vermelhas, mas é importante percebermos que, estando numa tendência crescente, isso pode trazer preocupação", sustenta.

António Lacerda Sales sublinha, ainda assim, que é importante sensibilizar os jovens para serem vacinados e que desse modo será possível evitar que o número de infetados e internados continue a aumentar: "O que nós, neste momento, queremos é sensibilizar a população para aquilo que são as medidas gerais e as diretrizes da DGS, queremos sensibilizar a população para a vacinação. Vamos entrar muito brevemente na faixa dos 20 anos e temos de passar esta mensagem para as pessoas mais jovens que se têm de vacinar."

Questionado sobre a possibilidade de os profissionais de saúde não terem férias devido ao agravamento da pandemia, António Lacerda Sales adianta que as férias devem manter-se, apesar de essa decisão ser da responsabilidade das direções dos hospitais e centros de saúde.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de