Tempos de espera superiores a duas horas no aeroporto de Lisboa devido a greve do SEF

A paralisação, que teve início no passado dia 14, não teve, até ao princípio da tarde deste sábado, impacto relevante nos outros aeroportos nacionais.

Os tempos de espera no controlo de fronteira do Aeroporto de Lisboa durante a manhã deste sábado atingiram um máximo de 02h23 nas chegadas, devido à greve no SEF, disse fonte oficial da ANA - Aeroportos de Portugal.

Segundo a fonte, a greve parcial do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), que teve início no passado dia 14, não teve, até ao princípio da tarde deste sábado, impacto relevante nos outros aeroportos nacionais.

A greve, convocada, nesta fase, até ao final do mês de agosto, tem tido maior impacto no aeroporto de Lisboa, onde os tempos de espera chegaram, nos últimos dois fins de semana, a atingir um pico de quatro horas.

A greve foi convocada pelo Sindicato dos Inspetores de Investigação, Fiscalização e Fronteiras (SIIFF) face à ausência de resposta do Governo sobre o futuro dos inspetores, na sequência da aprovação da proposta de lei que "prevê a dispersão de competências policiais do SEF pela PJ, PSP e GNR".

A paralisação não contou, no entanto, com a adesão do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SCIF/SEF).

O protesto começou a 14 de agosto e abrange, de forma parcial, todos os funcionários que prestam serviço nos principais postos de fronteira do país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de