Tentativa de ataque informático na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano

A tentativa "foi imediatamente detetada, tendo sido prontamente ativados os planos de contingência previstos".

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) revelou ter sido esta terça-feira alvo de uma tentativa de ataque informático que não causou impacto na prestação de cuidados de saúde, tendo sido ativados os planos de contingência.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a ULSLA, responsável pelo Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém (Setúbal) e centros de saúde dos cinco concelhos da região, "foi, esta manhã, alvo de uma tentativa de ataque informático".

A tentativa "foi imediatamente detetada, tendo sido prontamente ativados os planos de contingência previstos para esta situação", revelou o conselho de administração da ULSLA.

"No decurso da ativação do protocolo de segurança", os serviços "procederam, de imediato, ao bloqueio do acesso à internet", assim como "à identificação dos equipamentos alvo da tentativa" de ataque, assegurou.

Segundo a ULSLA, de forma a "mitigar a tentativa de ataque", foram ainda realizados "os trabalhos necessários para uma eventual recuperação dos servidores".

"Não obstante esta tentativa de ataque, não se registaram impactos na prestação de cuidados de saúde", garantiu a unidade, acrescentando que vai continuar "a monitorizar as redes informáticas" e manter "permanente contacto com os organismos do Ministério da Saúde".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de