Teste em visitas a hospitais e lares, máscara em espaços interiores. Veja as restrições que se mantêm

O Governo vai voltar a avaliar as medidas quando houver "uma queda significativa do número de óbitos".

Apesar do alívio de várias das restrições que existiam até agora, o Governo decidiu ainda manter outras importantes, concretamente relativos à utilização de máscaras e à realização de testes.

Assim, vai continuar a ser obrigatório ter um teste negativo para visitas a lares e a pacientes internados em estabelecimentos de saúde.

"Mantém-se a exigência de teste negativo, salvo certificado de terceira dose ou recuperação, para visitas a lares e pacientes internados em estabelecimentos de saúde. No fundo, continuam a ser exigidos testes para o acesso a instituições onde estão pessoas de maior vulnerabilidade", esclarece a ministra", explicou a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

A utilização de máscaras vai continuar a ser obrigatória "nos espaços interiores onde é exigida atualmente".

Mariana Vieira da Silva explica que as medidas anunciadas esta quinta-feira "vigorarão até que haja uma queda significativa do número de óbitos que ainda hoje ocorrem".

Questionada sobre qual o valor de referência para a nova atualização de medidas, a ministra responde: "De facto, o valor de referência é de 20 óbitos por milhão de habitantes a 14 dias e neste momento o valor que temos é de 63."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de