Tolerância zero ao uso de fogo. Proteção Civil alerta para "situação muito perigosa"

A Proteção Civil sublinha que "o uso de fogo não é opção em tudo aquilo que é território nacional".

A Proteção Civil alerta para os perigos da utilização de fogo, por estes dias, considerando que haverá tolerância zero a esse uso.​

​​​​​​ "Continuamos numa situação muito perigosa, com elevado risco. O uso de fogo não é opção em tudo aquilo que é território nacional. Não se pode utilizar o fogo", sublinhou o comandante nacional das operações de socorro e emergência da Proteção Civil, Duarte Costa.

O vento forte e as temperaturas altas dificultam o combate às chamas. Duarte Costa espera, contudo, que seja possível apagar o fogo em Miranda do Corvo o quanto antes.

"É um incêndio cujo combate está a correr bem. Há poucas frentes que ainda não estão fechadas. Há situações de pequenos núcleos que ainda estão a arder e que estão a ser, neste momento, combatidos com mais de seiscentos operacionais e nove meios aéreos. Assim que ele for dado como dominado, vamos continuar com este dispositivo todo montado."

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de