Tornado causa estragos em Lisboa, buscas na Câmara de Oeiras e outros destaques TSF

Um dos armazéns do Banco Alimentar ficou sem telhado e várias árvores caíram em Alcântara.

Num dia de temporal, com chuva e vento um pouco por todo o país, Lisboa foi palco de um fenómeno que, apesar da baixa intensidade, teve impacto suficiente para arrancar o telhado de um armazém do Banco Alimentar. As imagens falam por si. De manhã, também um vento extremo causou estragos da mesma natureza, mas na Marinha Grande.

O presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morai, e Rodrigo Gonçalves, membro da comissão política nacional do PSD, foram esta terça-feira alvo de buscas pela Polícia Judiciárias devido a suspeitas de crimes de corrupção, participação económica em negócio e prevaricação. O autarca diz ter prestado "todo o apoio necessário ao bom andamento das mesmas".

Pelo PSD, o líder Luís Montenegro deixou a garantia de que vai agir "em conformidade" com o que as buscas concluírem, não negando que isso possa passar pela retirada da confiança política em Rodrigo Gonçalves.

O Ministério da Defesa anunciou que os aumentos mensais nas Forças Armadas vão ser de entre 52 e 104 euros no próximo ano. O Governo considera que o valor é justo e responde às preocupações das associações do setor.

O Tribunal Constitucional deu luz verde à instalação da Entidade para a Transparência num espaço provisório até que as obras no Palácio dos Grilos - espaço que vai acolher a entidade de forma definitiva -, em Coimbra, estejam concluídas. Pedro Filipe Soares, do Bloco de Esquerda, fala de um processo "kafkiano".

A questão da revisão constitucional está a gerar algum desconforto na bancada parlamentar do PSD. É esta quarta-feira que o processo vai ser discutido em reunião de bancada, mas muitos sentem-se colocados à margem. Uma fonte social-democrata confessou à TSF que "ninguém disse rigorosamente nada a ninguém".

Acabou a dúvida: Rafa não vai mesmo voltar à seleção para ir ao Mundial. Fernando Santos tinha deixado a porta aberta e disse que bastava ao jogador ligar para conversar sobre o assunto, mas o treinador do Benfica, Roger Schmidt, diz que a decisão do jogador está fechada.

Com o Mundial do Catar a aproximar-se a passos largos, a entrevista de um dos embaixadores da competição, Khalid Salman, considerou que a homossexualidade é um "distúrbio mental". Foi interrompido por um assessor e a entrevista acabou ali.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de