Trabalhadores do lar de Marvila devem saber na próxima semana para onde vão ser transferidos

Ministra do Trabalho garantiu que será encontrada uma solução para todos os funcionários.

Estão confiantes, mas não descansados. Os 79 trabalhadores do lar em Marvila devem ficar a saber, na próxima semana, para onde vão ser transferidos quando o lar fechar portas no dia 27.

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, garantiu que será encontrada uma solução para todos os funcionários. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal, Orlando Gonçalves, adianta que falou ao telefone com a ministra e já há um encontro marcado para a próxima quarta-feira.

"Foi agendada já uma reunião para dia 19, às 15h, com o secretário de Estado do Emprego e a secretária de Estado da Segurança Social. Julgamos que seja já no sentido de apresentarem propostas para a resolução do futuro destes 79 trabalhadores e, por isso, estamos confiantes, até pelas palavras da senhora ministra, que estes postos de trabalho estarão assegurados", explica à TSF Orlando Gonçalves.

Os 79 trabalhadores do lar Mansão de Santa Maria de Marvila estão na expectativa. Falta saber também para onde vão ser transferidos os 160 utentes, entre eles idosos e deficientes profundos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de