Tráfico de influências e corrupção. Ex-chefe de gabinete de ministro alvo de buscas

Em causa está a celebração, por ajuste direto, da "aquisição de serviços" entre uma sociedade comercial, municípios e uma empresa pública.

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ) está, esta terça-feira, a realizar dez buscas nas zonas de Penafiel e Guimarães para investigar "factos suscetíveis de integrarem a prática de crimes de tráfico de influências e/ou corrupção", lê-se num comunicado divulgado pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Em causa está a celebração, por ajuste direto, da "aquisição de serviços entre uma sociedade comercial e os referidos municípios e a empresa pública". As buscas decorrem "na sede de uma sociedade comercial, em Departamentos de Contratação Pública de diversos Municípios, numa empresa pública de gestão de águas e em habitações nas zonas de Penafiel e Guimarães".

O sócio-gerente da então sociedade adjudicatária "exercia então funções de chefe de gabinete ministerial" e terá usado a "influência decorrente do cargo para conseguir a celebração por ajuste direto, tirando benefícios monetários através de outra sociedade comercial, que igualmente controlava".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de