Transtejo anuncia perturbações na ligação entre Montijo e Lisboa no sábado e domingo

Além da suspensão do serviço no sábado, está também prevista para domingo uma supressão da carreira Cais do Sodré - Montijo, no horário das 21h30.

A Transtejo anunciou esta sexta-feira perturbações na ligação fluvial entre Montijo e Lisboa, inclusive a suspensão do serviço no sábado a partir das 13h00, apresentando como alternativa a carreira fluvial do Barreiro e o transporte rodoviário entre Barreiro e Montijo.

"Durante o fim de semana, por motivo de falta de recursos humanos operacionais, não é possível garantir a realização de todas as carreiras previstas", lê-se num aviso das perturbações de serviço entre Montijo (distrito de Setúbal) -- Cais do Sodré (Lisboa), divulgado hoje no 'site' da empresa Transtejo/Soflusa (TTSL).

Além da suspensão do serviço no sábado, a partir das 13h00, está prevista para domingo uma supressão da carreira Cais do Sodré -- Montijo, no horário das 21h30, segundo informação da empresa.

No âmbito destas perturbações na Transtejo, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática informou esta sexta-feira que, "provisoriamente e enquanto se mantiverem os constrangimentos operacionais na ligação fluvial Montijo-Lisboa, será posta em prática uma solução alternativa".

"Assim, os detentores de passagens válidas poderão, no caso de supressão da ligação, usar um serviço rodoviário dedicado, que fará a ligação ao terminal do Barreiro. A partir deste terminal, podem usar a ligação fluvial entre esta cidade e Lisboa", indicou a tutela, referindo que esta solução vigorará a partir de hoje e durará enquanto as supressões de serviço se mantiverem.

Em comunicado, o Ministério reforçou ainda que continua a procurar uma solução definitiva para os constrangimentos operacionais que afetam as ligações fluviais na área metropolitana de Lisboa.

A solução alternativa avançada pelo Ministério é a mesma que consta do aviso da empresa TTSL relativamente à suspensão do serviço no sábado a partir das 13:00 (último barco), em que se refere: "com o objetivo de minimizar o impacto das perturbações de serviço, é ativada a seguinte alternativa de mobilidade: oferta de serviço assegurada através da ligação fluvial do Barreiro - o título de transporte válido na ligação fluvial do Montijo é, igualmente, válido na ligação fluvial do Barreiro -- e transporte rodoviário Barreiro -- Montijo (terminais fluviais)".

Além destas perturbações na ligação Montijo -- Cais do Sodré, a Transtejo anunciou hoje novas interrupções do serviço no período noturno na carreira fluvial Cacilhas (Almada, distrito de Setúbal) -- Cais do Sodré, previstas para a próxima segunda e sexta-feira, dias 25 e 29 de outubro.

O detalhe sobre as perturbações previstas pode ser consultado no 'site' da empresa TTSL aqui.

Na quinta-feira, a empresa TTSL disse que a supressão de carreiras na Transtejo, que assegura a ligação fluvial entre Lisboa e a margem sul do Tejo, continua sem solução e preveem-se mais interrupções na sexta-feira, sábado e domingo.

A fim de impedir a interrupção do serviço regular de transporte público na Transtejo, o secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, o conselho de administração e os sindicatos subscritores do Acordo de Empresa estiveram reunidos na quarta-feira, pelas 19:30, mas a situação continua por resolver.

"Apesar de não ter sido possível alcançar consenso, as partes mantêm-se disponíveis para dialogar e empenhadas em encontrar soluções que permitam alcançar o desejado acordo com os sindicatos", afirmou a empresa TTSL, na quinta-feira, em resposta à agência Lusa.

No entanto, as supressões previstas para quarta-feira entre Cacilhas e Cais do Sodré mantiveram-se, assim como se mantiveram as agendadas para quinta-feira na mesma ligação, nos dois sentidos, em que, além da interrupção do serviço regular no período noturno, entre as 20h38 e as 00h05, anteriormente anunciada, houve a supressão de carreiras no período da tarde, das 13h35 às 20h05.

A Transtejo avisou que a situação volta a acontecer hoje entre Cacilhas e Cais do Sodré, com a supressão durante a tarde e a interrupção à noite, exatamente nos mesmos horários de quinta-feira.

A situação é também alargada à ligação entre Seixal (no distrito de Setúbal) e Cais do Sodré, em que se prevê a supressão de carreiras no período da tarde desta sexta-feira, desde 16h45 às 19h30, em ambos os sentidos, segundo informação da TTSL.

As perturbações do serviço entre Cacilhas e Cais do Sodré repetem-se ainda no sábado e domingo, com a supressão de carreiras no período da tarde, entre as 14h40 e as 20h03, e a interrupção do serviço no período noturno, desde as 20h35 e as 00h05.

A Transtejo assegura as ligações fluviais entre o Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, e Lisboa, enquanto a Soflusa é responsável por ligar o Barreiro à capital.

A Transtejo assegura as ligações fluviais entre o Seixal, Montijo, Cacilhas e Trafaria/Porto Brandão, no distrito de Setúbal, e Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de