Um ano de pandemia. Marcelo deixa quatro palavras sobre a luta dos portugueses

Marcelo Rebelo de Sousa diz que é preciso "aprender a lição", "esperando nós não termos outras pandemias como esta". O Presidente da República deixa mensagem de "esperança e confiança no futuro".

Um ano depois do início da pandemia de Covid-19 em Portugal, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, deixa uma mensagem com aquelas que são as quatro palavras sobre a luta dos portugueses durante este período.

"Memória" é a primeira palavra mencionada pelo chefe de Estado. "Não podemos esquecer, não vamos esquecer não iremos esquecer o que se passou e o que se viveu ao longo deste ano", diz o Presidente.

A segunda palavra é "gratidão". "Gratidão a todos os portugueses, ao pessoal de saúde, gratidão a todos os que o ajudaram a salvar vidas e continuam a ajuda, não é uma tarefa terminada", sublinha.

A "mobilização" também é destacada por Marcelo Rebelo de Sousa. "Estamos mobilizados, continuamos mobilizados, vamos ficar mobilizados porque o processo está longe do fim", admite.

Por fim, aponta que é preciso "aprender a lição": "Daquilo que correu bem, na dedicação, na coragem, na determinação, na solidariedade, na persistência dos portugueses desde logo no confinamento, mas também daquilo que correu menos bem, por razões involuntárias porque era impossível prever ou por alguma responsabilidade, porque era possível prever e isso não aconteceu. Serve de lição para o futuro, esperando nós não termos outras pandemias como esta."

O Presidente da República termina a mensagem agradecendo a "todos os portugueses cá dentro e lá fora, englobando todos, naquilo que é uma mensagem fundamentalmente de esperança e confiança no futuro".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de