Bombeiro de 21 anos morre e quatro ficam feridos durante combate às chamas em Oleiros

Informação foi confirmada pelo Ministério da Administração Interna em nota enviada às redações.

Um bombeiro perdeu a vida e quatro ficaram feridos após um acidente de viação que ocorreu este sábado, durante o combate ao incêndio que deflagrou em Oleiros.

O Ministério da Administração já emitiu uma nota de pesar pela morte do bombeiro, de 21 anos, da corporação de Proença-a-Nova.

"Neste momento difícil, envio os meus sentidos pêsames à família, amigos e à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Proença-a-Nova. Manifesto ainda os meus votos de plena recuperação aos quatro bombeiros que ficaram feridos neste mesmo acidente", pode ler-se na nota.

O presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, João Lobo, explica que os cinco bombeiros se encontravam no combate às chamas e a viatura em que seguiam, quando se deslocavam de um ponto para o outro, capotou.

"Durante uma manobra rebentou um pneu, que criou instabilidade no veículo e capotou", referiu João Lobo, à agência Lusa.

Durante a tarde, segundo um responsável da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, registou-se um outro acidente com uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Castelo Branco, que ardeu, em Oleiros, sem qualquer ferido a registar.

O presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, tinha antes adiantado à Lusa tratar-se de um acidente "perto de Roda", no concelho, de que teriam resultado ferimentos em cinco bombeiros, o que acabou por não se confirmar.

O incêndio deflagrou no concelho às 15h31, em Sardeiras de Baixo, Oleiros, e alastrou aos concelhos vizinhos de Proença-a-Nova e Sertã.

Este domingo permanecem no combate às chamas 644 operacionais de corporações de vários distritos, apoiados por 136 viaturas.

Notícia atualizada às 9h07 dia 26

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de