Um oásis da Europa pré-pandemia, Maduro a ferro e fogo e outros destaques TSF

O fim do isolamento profilático de António Costa é mais um dos destaques para ler ao meio-dia. Saiba também qual foi o resultado de um fim de semana de fiscalizações das normas sanitárias pela PSP, e conheça os motivos na origem de um investimento recorde em março.

Os ajuntamentos sem qualquer distância social, lojas, restaurantes, bares, discotecas, ginásios e piscinas a funcionar como antes. Há um país na Europa que é como um oásis em tempo de pandemia, depois de os níveis de vacinação com a primeira dose atingirem os 87%. A TSF conta-lhe toda a história aqui.

Acabou o isolamento profilático do primeiro-ministro. Ao final do décimo dia depois do contacto com a pessoa do seu gabinete que estava infetada, António Costa pôde realizar um teste e sair à rua para cumprir a agenda política, após o rastreio negativo. Esta necessidade de cumprir isolamento profilático após o contacto com um infetado é uma "explicação que já foi dada a toda a gente", como explica o governante, aqui.

A poupança das famílias na zona euro subiu e também o investimento atingiu valor recorde até março. Saiba mais sobre o comportamento destes indicadores, aqui.

A maioria das autuações foi feita em Lisboa, garante a PSP. No fim de semana, mais de 1600 polícias no terreno encerraram ao todo três estabelecimentos e passaram 60 autos de contraordenação, dos quais 49 são referentes a Lisboa. A TSF conta-lhe toda a história de um fim de semana com restrições apertadas.

"Dei instruções precisas (...) para que ajamos esta semana e lancemos um ultimato ao sistema Covax: ou nos enviam as vacinas ou nos devolvem o dinheiro." As palavras são de Nicolás Maduro. A Venezuela terá adiantado 120 milhões de dólares ao programa da Organização Mundial de Saúde sem nada receber.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de