Uma nova matriz de risco, temperaturas de 40º a chegar e outros destaques TSF

A Manhã TSF ficou ainda marcada pelas notícias de que mais de 60% dos internados com Covid-19 têm mais de 50 anos e de que a situação dos bebés que não foram registados durante a pandemia continua por resolver.

Em destaque, nesta manhã de quarta-feira, está o futuro do Benfica, após a detenção, na última semana, do presidente do clube. Uma sondagem da Aximage para a TSF, o JN e o DN indica que 88% dos inquiridos defendem a demissão de Luís Filipe Vieira.

São dados conhecidos numa altura em que vem a público o acordo entre José António dos Santos, conhecido como "Rei dos Frangos", e o empresário norte-americano John Textor. O primeiro, também recentemente detido, deverá vender ao segundo 25% do capital social da Benfica SAD.

Entre os assuntos que estão a definir a atualidade esta manhã está também a prevalência dos doentes internados com Covid-19. Segundo dados fornecidos pela Direção-Geral da Saúde, cerca de 60% dos internados têm mais de 50 anos, apesar destas idades representarem apenas 16,6% dos novos casos nas últimas duas semanas.

E para melhor avaliar o impacto do vírus e garantir a saúde pública, a Ordem dos Médicos propõe implementar uma nova matriz de risco da Covid-19. No Fórum TSF, o bastonário Miguel Guimarães explicou que a Ordem desenvolveu uma matriz diferente, que inclui outros indicadores.

Na ordem do dia está ainda o registo dos bebés nascidos durante a pandemia. Quase um mês depois, continua por resolver a situação dos bebés que não foram registados devido ao encerramento dos balcões Nascer Cidadão.

A TSF deixa-lhe ainda um aviso para os próximos dias: prepare-se para o calor. A partir desta quarta-feira, as temperaturas vão subir e podem chegar aos 40 graus.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de