Uso da máscara reavaliado, aperta o cerco a Mariupol e outros destaques TSF

O general Luís Pinto Ramalho disse à TSF que, no Donbass, uma "ação ofensiva russa bem-sucedida na região pode isolar tropas ucranianas".

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, disse esta terça-feira que a utilização de máscaras vai ser reavaliada nas próximas semanas. A avaliação terá em conta o índice de transmissibilidade e mortalidade da Covid-19.

Na Ucrânia, o líder da Chechénia prevê que a cidade de Mariupol caia para o lado russo nas próximas horas. Ramzan Kadyrov revela que a conquista russa da cidade ucraniana pode acontecer até quarta-feira.

Na região do Donbass, uma "ação ofensiva russa bem-sucedida na região pode isolar tropas ucranianas". Quem o diz é o general Luís Pinto Ramalho que, à TSF, lembra que existem combates entre russos e ucranianos na região há oito anos.

O enviado especial da TSF ao país sob ataque, Rui Polónio, falou com Nadia, uma mulher de 35 anos que viajava de Kherson para Odessa com dois filhos, de 8 e 14 anos.

Um portal russo afirma que morreram pelo menos 37 pessoas no naufrágio do navio russo Moskva. O site independente Meduza diz ainda que não é conhecido o número de desaparecidos, depois de o cruzador russo se ter afundado no Mar Negro.

De volta a Portugal, o executivo da Câmara Municipal do Porto, com os votos do movimento independente que lidera a autarquia, aprovou a saída da Associação Nacional de Municípios Portugueses. Rui Moreira afirma que a desvinculação "não pretende ser uma afronta" à presidente, Luísa Salgueiro.

Mais a sul, o Tribunal da Relação de Lisboa deu parcialmente razão a Manuel Pinho no caso EDP. Nesse sentido, o juiz de intrução Carlos Alexandre a refazer o despacho que ditava as medidas de coação para o ex-ministro e da mulher.

Numa operação conjunta das autoridades portuguesas e brasileiras, foi detida em Lisboa a primeira denunciado da Lava Jato, no caso do avião com droga onde viajava o antigo presidente do Boavista João Loureiro.

Apenas a 48 horas da segunda mão da meia-final da Taça de Portugal, Pepe e Tabata ficaram a saber que não vão poder disputar o clássico desta quinta-feira. Os jogadores foram suspensos por 23 dias e condenados a pagar 2870 euros.

A proposta de Orçamento do Estado para 2022 apresentada na semana passada na Assembleia da República foi entregue esta terça-feira à Comissão Europeia. O Governo admite "incertezas e novos desafios" por causa de guerra.

No Parlamento, o Chega apresentou um voto de condenação ao Partido Comunista Português pela postura "ambígua" sobre a guerra na Ucrânia. No entanto, os deputados rejeitaram a iniciativa por considerarem que é uma "má prática" os grupos parlamentares criticarem as posições dos restantes grupos parlamentares.

Já o coordenador do PSD na Comissão de Orçamento e Finanças, Duarte Pacheco, pediu ao Governo para substituir o atual Programa de Estabilidade, que considera ser um "simples papel", por "verdadeiro Programa de Estabilidade". Duarte Pacheco fala ainda em "tiques de maioria" apresentados pelo Executivo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de