Verdes querem feriado obrigatório no Carnaval

O Partido Ecologista Os Verdes volta a apresentar uma proposta de lei para que a terça-feira de Carnaval passe a feriado nacional obrigatório. O tema foi discutido na Assembleia da República na anterior legislatura e chumbado pelo PS, PSD e CDS.

O Partido Ecologista Os Verdes quer fazer uma alteração ao Código de Trabalho de forma a converter a terça-feira de Carnaval em feriado nacional obrigatório. A consulta pública decorre até dia 20 de março.

O partido defende que a terça-feira de Carnaval já é considerada como feriado para cidadãos, municípios e setores do comércio e turismo e, por isso, voltam a insistir na proposta que foi discutida na anterior legislatura.

O deputado José Luís Ferreira lamenta que todos os anos os funcionários públicos estejam até à última para saber se há ou não tolerância de ponto no Carnaval, um "impasse que perturba a vida das famílias que querem programar uma saída de família para aproveitar a terça-feira de Carnaval e têm de ficar à espera até que o governo decida se há tolerância de ponto ou não".

Em declarações à TSF, o deputado dos Verdes acrescenta que a terça-feira de Carnaval é essencial para a economia de muitas cidades, com municípios e empresários a investir nestas celebrações.

"Uma coisa é fazer um investimento contando que a pessoas não trabalhem na terça-feira, outra coisa é fazer um investimento sem saber se as pessoas podem ou não estar, uma vez que não sabem se vão trabalhar."

José Luís Ferreira lembra que a pausa na terça-feira de Carnaval não está garantida, como já aconteceu durante o governo de Passos Coelho, em que o país esteve a trabalhar a meio-gás.

"O meio que estava a trabalhar também só o fazia a meio-gás porque os correios estavam fechados, os bancos estavam fechados, porque a oferta de transportes também era igual à de um feriado", recorda.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de