Viatura dos bombeiros atingida pelas chamas na Guarda

Não há registo de feridos, indicou fonte da Proteção Civil. A combater o incêndio estão 250 operacionais, auxiliados por 10 meios aéreos e 74 viaturas.

Uma viatura dos bombeiros que combatia o incêndio que deflagrou às 12h21, no concelho da Guarda, ficou inoperacional, após ter sido atingida pelas chamas, mas não há registo de feridos, afirmou à Lusa fonte da Proteção Civil.

O incêndio começou numa zona de mato na freguesia de Arrifana, no concelho da Guarda, às 12h21.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o incêndio mantém três frentes ativas e uma viatura dos bombeiros foi atingida pelas chamas, deixando-a inoperacional.

A fonte sublinhou que desconhece a quem pertence a viatura atingida pelas chamas e adiantou que "não há registo de feridos".

Às 18h50, estavam no teatro de operação a combater as chamas 10 meios aéreos e 250 operacionais, apoiados por 74 viaturas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de