Vice-presidente do Parlamento Europeu detida, Brasil fora do Mundial e outros destaques TSF

Parlamentar grega já foi expulsa do partido a que pertence, o PASOK.

Eva Kaili, uma das 14 vice-presidentes do Parlamento Europeu, foi esta sexta-feira detida na Bélgica no âmbito de uma investigação sobre alegado lóbi ilegal do Catar para influenciar decisões políticas.

Precisamente no Catar, onde vai decorrendo o Mundial de futebol, chegou ao fim a aventura do Brasil, eliminado nos penáltis pela Croácia, que é assim a primeira semifinalista. O guarda-redes Livakovic voltou a ser uma das figuras do jogo e ainda defendeu uma grande penalidade. Tite, selecionador brasileiro, já anunciou que o seu ciclo chegou ao fim.

Este sábado é dia de Portugal tentar garantir, frente a Marrocos, o seu lugar nas meias-finais. No lançamento do jogo, Cristiano Ronaldo foi tema incontornável.

Os preços dos combustíveis voltam a descer esta segunda-feira: a descida é maior no gasóleo.

As câmaras da Grande Lisboa afetadas pelas inundações da noite desta quarta-feira têm até ao dia 15 de janeiro para comunicar ao Governo os danos registados. Carlos Moedas, um dos autarcas presentes na reunião desta tarde, criticou os prazos e pediu rapidez.

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) defende a criação de um fundo de catástrofe para apoiar as pessoas afetadas pela tempestade que assolou a Grande Lisboa nos últimos dias.

Os países da União Europeia pediram à Comissão para atualizar a tabela de critérios para o rastreio do cancro. O ministro da Saúde afirma que a recomendação em vigor já "tem 20 anos" e deve ser atualizada.

A diretora do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, Andrea Ammon, alerta que a vacinação contra a Covid-19 poderá continuar a ser necessária durante várias décadas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de