Temporal na Madeira. Vinte e sete pessoas retiradas de casa em São Vicente por precaução

O autarca de São Vicente revelou que não há registo de feridos.

Vinte e sete pessoas foram hoje retiradas das suas casas por precaução em São Vicente na sequência das fortes chuvas que atingem a Madeira e alguns carros foram arrastados, disse o presidente do município, acrescentando não haver feridos.

Segundo José António Garcês, as 27 pessoas (20 da Ponta Delgada e sete de Boa Ventura) foram para casa de familiares e amigos e não têm as suas habitações danificadas, já que o único imóvel que ruiu é uma casa de férias.

O autarca falava aos jornalistas em São Vicente, onde também o secretário regional dos Equipamentos, João Fino, fez um ponto de situação dos trabalhos desenvolvidos pelo Governo Regional.

De acordo com o governante, estão a avançar trabalhos de desobstrução nas estradas regionais 211 e 220, mas apenas poderão ficar concluídos no sábado, tendo em conta as limitações de proceder às operações durante a noite.

Questionado sobre se a freguesia da Ponta Delgada deixará de ficar isolada esta noite, João Fino respondeu afirmativamente, mas sublinhou que o rescaldo só pode ser feito no sábado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de