A espantosa realidade das coisas

“A espantosa realidade das coisas é a minha descoberta de todos os dias”
No magazine semanal de Fernando Alves, o sociólogo Paulo Pedroso observa a superfície e o fundo dos grandes temas da sociedade global. A investigadora Rita Figueiras promove a literacia da comunicação política. E a repórter Teresa Dias Mendes regista sinais fortes dos dias que passam.
Aos domingos, depois das 13h00

A espantosa realidade das coisas

Lisboa, 18/11/2020 - Convidado da Espantosa Realidade das Coisas Marco Lisi. (Annette Monheim / Global

Marco Lisi: "Goste-se ou não, as democracias terão de lidar com o populismo"

Nesta edição da Espantosa Realidade das Coisas, convidámos o cientista político Marco Lisi, professor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, a reflectir em conjunto com os comentadores residentes ( o sociólogo Paulo Pedroso, professor do ISCTE, e Rita Figueiras, professora de Ciências da Comunicação e Comunicação Política da Universidade Católica de Lisboa) sobre aquele que é um dos temas da sua investigação, a emergência do populismo, também em Portugal.

Enquanto o "robô humanóide realista" pisca os olhos...

Enquanto o "robô humanóide realista" pisca os olhos...

Esta edição do magazine "A Espantosa Realidade das Coisas" é "apresentada" por um novo robô que, tal como a última criação da Disney, tem capacidades mais aperfeiçoadas de imitação dos comportamentos motores dos humanos. Ele move os olhos e pestaneja de um modo surpreendente. Inclina a cabeça, ensaia pequenos gestos de sobressalto, levando a patamares nunca atingidos a interacção com os olhares e os gestos humanos. O editor do magazine tentou colocar-se na pele deste robô munido de um sensor especial na zona do peito o que apenas se revelou problemático porque o robô ainda não tem pele.