A espantosa realidade das coisas

“A espantosa realidade das coisas é a minha descoberta de todos os dias”
No magazine semanal de Fernando Alves, o sociólogo Paulo Pedroso observa a superfície e o fundo dos grandes temas da sociedade global. A investigadora Rita Figueiras promove a literacia da comunicação política. E a repórter Teresa Dias Mendes regista sinais fortes dos dias que passam.
Aos domingos, depois das 13h00

Timothy Garton Ash e a guerra das notícias falsas contra os factos

Os comentadores residentes do magazine dos domingos, o sociólogo e professor do ISCTE, Paulo Pedroso, e a professora de Ciências da Comunicação e Comunicação Política da Universidade Católica de Lisboa, Rita Figueiras, analisam o texto de Timothy Garton Ash, no Guardian, em que este anuncia o que deverá ser a próxima batalha na guerra das notícias falsas contra os factos. Para o escritor e professor de Estudos Europeus em Oxford, "Facebook, Twitter e Fox News, ao obscurecerem a verdade, representam um risco para a democracia. Mas os Estados Unidos e a União Europeia", acredita o autor de "A liberdade de expressão", "podem combatê-lo juntos".

O texto de Timothy Garton Ash foi escrito sobre o impacto dos acontecimentos no início de Janeiro no Capitólio e sustenta que, para prosperar, "a democracia precisa de um certo tipo de esfera pública, na qual os cidadãos e os seus representantes discutam vigorosamente com base em factos comuns. Restaurar esse tipo de esfera pública é agora uma tarefa central para a renovação da democracia liberal".

Os comentadores residentes da Espantosa Realidade das Coisas conversam ainda sobre a intenção anunciada pelo Parlamento Europeu de debater a regulação das redes sociais. O gatilho mais próximo para esta decisão foi a invasão do Capitólio a 6 de Janeiro. O comissário europeu para o mercado interno classificou esse acontecimento como " o 11 de Setembro das redes sociais".

Outro tema em análise: o crescimento de uma rede social de conversa apenas através da voz. Chama-se ClubeHouse e, ao que conta o Guardian, tem já 600 mil seguidores. Esta plataforma está a ser procurada por gente muito cotada nas tecnológicas e no mundo do espectáculo. Qual será o glamour destas linhas cruzadas?

O programa aborda ainda a preparação da peça A Voz Humana que o Teatro do Eléctrico faz estrear em Loulé a 6 de Maio. A repórter Teresa Dias Mendes registou a leitura de cartas de amor enviadas pelo público para o endereço todasascartasdeamorsaobelas@gmail.com em resposta a um apelo do grupo de teatro, ainda em vigor até 6 de Abril. As cartas são lidas pelos actores Patrícia Andrade e David Pereira Bastos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de