Acontece no Brasil

Todas as quintas-feiras, o correspondente da TSF em São Paulo, João Almeida Moreira, assina a crónica Acontece no Brasil – um país onde a realidade e o insólito andam muitas vezes de mãos dadas.

Agente da polícia é expulsa por "malhar" e "dançar" durante licença médica

Enquanto na esquadra apresentava atestados consecutivos por problemas de saúde, a agente Andressa Medeiros publicava fotos de treino intenso em ginásios e em feijoadas.

Uma agente da polícia do Rio de Janeiro foi expulsa da corporação por publicar fotos em intensa atividade física em ginásios da cidade e participar em eventos sociais enquanto usava consecutivos atestados médicos para não trabalhar, supostamente, para tratar de problemas de saúde que a impediam de ficar em pé durante o serviço.

A cabo Andressa Christine Medeiros dos Santos, de licença médica há mais de três meses, foi colocada na categoria "apta B", ou seja, "com restrições para exercícios físicos e longa permanência em pé" por se queixar de "uma moléstia" na sequência de um tiro com arma de fogo no pé esquerdo, durante um assalto fora do horário de expediente.

No entanto, publicou nas suas redes sociais, em pleno período de tratamento e convalescença, fotografias a executar pesados exercícios de musculação em ginásios e a participar em eventos recreativos como a "Feijoada da Coroação da Rainha" ou o "Encontro da Banda Amigos da Barra" onde dançava animada, em salto alto, na qualidade de "musa" da referida banda.

Julgada pelo Conselho de Revisão Disciplinar, a cabo Andressa acabou expulsa por decisão da secretaria da polícia militar carioca.

Mas vai recorrer. Ela diz que o projétil que ainda tem alojado no pé esquerdo a impede de pedalar mas que pediu ao médico para a deixar efetuar musculação, uma vez que é uma pessoa ativa. E que se dançou em eventos foi com calçado recomendado por fisioterapeutas. Acrescenta ainda que ao longo dos 10 anos na polícia foi alvo de assédios morais e sexuais na instituição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de