América Vinte Vinte

Parceria entre a TSF e a FLAD – Fundação Luso-americana, América Vinte Vinte aborda as eleições nos EUA a 3 de novembro nas suas variadas dimensões. Na política, na sociedade, na economia, na ciência, nos livros, na música, no cinema. Donald Trump e Joe Biden, um deles vai ser o próximo presidente dos Estados Unidos da América. No debate com especialistas, na análise da atualidade, contamos tudo.
Com Ricardo Alexandre, para ouvir às quintas-feiras, depois das 15h00 e em permanência em TSF.pt e nas redes sociais da FLAD.

"A vacina não salva vidas, a vacinação é que salva"

A cientista portuguesa, ​​​​​​​Silvia Curado conta à TSF que, "os resultados, no desenvolvimento da vacina contra a Covid-19, são bastante promissores".

"A vacina não salva vidas, a vacinação é que salva", a garantia é de Sílvia Curado Diretora de Investigação na Escola de Medicina da Universidade de Nova Iorque. A investigadora lembra por isso que o processo não termina quando os cientistas conseguirem chegar a uma vacina. "Temos de começar a pensar que não precisamos só da vacina, mas que precisamos também da vacinação", acrescenta.

Sílvia Curado sublinha ainda que, "o progresso feito no desenvolvimento de vacinas é animador". Uma coisa a investigadora portuguesa garante: não vai haver vidas a serem postas em causa: "O acelerar do processo está a ser feito de uma forma muito segura. Há processos que estão a ser feitos em paralelo e que antes eram feitos de forma sequencial", explica.

A presidente da associação que apoia o desenvolvimento académico-profissional de Portugueses licenciados e pós-graduados que se encontram na América do Norte, revela que a comunidade científica portuguesa residente nos Estados Unidos, mostra este ano mais interesse nas próximas eleições presidenciais, "como nunca antes". Talvez porque, nas palavras da investigadora, o resultado do próximo sufrágio, "será crítico para o futuro da Ciência".

Mostrando-se desagradada com a politização da ciência e com os cortes orçamentais imposto pela administração Trump, Silvia Curado assegura, no entanto, que estes efeitos não se fazem sentir no meio académico.

Recentemente, Silvia Curado ajudou a formar e co-lidera o consórcio Combatcovid, que junta várias instituições médicas para partilha de dados, experiência clínica e estatísticas de saúde, critica os que acusam os cientistas de espalhar o medo entre a população e devolve as acusações: "Quem está a tentar dominar através do medo, são os que vêm assustar em relação ao uso da máscara", conclui.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de