Boa Vida

Restaurantes, hotéis, exposições, atividades, novas tendências, bares, locais, comidas, vinhos, aquilo que faz moda mas também as histórias mais escondidas. Um programa de Augusto Freitas de Sousa, autor e jornalista que nos últimos anos se tem dedicado ao lifestyle e ao jornalismo de viagens.

Molhos ancestrais

No restaurante Can the Can promovem-se as conservas portuguesas e pratos feitos com variações contemporâneas. O "Somos" do Crown Plaza está de regresso.

O proprietário do espaço Can the Can - https://www.canthecan.net/ -, Victor Vicente, e o cozinheiro Pedro Almeida são dois estudiosos das conservas e de antigos molhos como o Garum feito pelos romando há cerca de 2000 anos. Os pratos e os produtos podem ser degustados no espaço ou comprados no site do restaurante.

Além do garum o Can the Can produz a sua própria muxama, pastrami e bottarga, foi gras de fígado de pescados diversos, chouriço de sangacho de atum e bacon de barriga de espadarte. Victor Moura Vicente é um estudioso da matéria e, juntamente com o chef, lançou o projeto Selo de Mar.

Para fora

O cozinheiro do restaurante "Somos" - https://somosrestaurantlounge.com/ -, Jorge Sousa, no rés-do-chão do Crown Plaza no Porto, gosta de avisar que todos os clientes são bem-vindos e não precisam de se acanhar pelo facto do espaço pertencer a um hotel de cinco estrelas.

Jorge Sousa formou-se em hotelaria na Feira e o primeiro emprego aconteceu no mesmo hotel, apesar de ter outro nome nessa altura. Já como chef estagiou em França e na Alemanha, mas foi sobretudo a organização que mais o fez crescer. Recentemente apresentou a sua nova carta no "Somos" com pratos como arancini de cogumelos, Ceviche de robalo ou torta de azeitona com creme de ovos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de