Boa Vida

Restaurantes, hotéis, exposições, atividades, novas tendências, bares, locais, comidas, vinhos, aquilo que faz moda mas também as histórias mais escondidas. Um programa de Augusto Freitas de Sousa, autor e jornalista que nos últimos anos se tem dedicado ao lifestyle e ao jornalismo de viagens.

Tudo em família

Anna Jorgensen é a nova responsável pela enologia e gestão da quinta alentejana Cortes de Cima: Em Lisboa abriu a primeira Chamuçaria.

A marca Cortes de Cima - https://cortesdecima.com/pt/ - resulta da vontade de uma californiana e de um dinamarquês, Carrie e Hans Jorgensen. Conheceram-se na Malásia e, quando regressavam aos Estados Unidos, uma avaria do iate demorou-os por terras lusas. Apaixonaram-se pelo Alentejo e estabeleceram-se na Vidigueira em 1988.

A filha Anna Jorgensen, nascida em Portugal, com formação em enologia na Austrália, resolveu dedicar-se ao negócio de família em 2020 ficando com o cargo de enóloga chefe e diretora executiva. Apresentou o seu primeiro vinho em 2019 com o nome Daqui em parceria com o jornalista e autor inglês Jamie Goode. Recentemente lançou o topo de gama da casa: Incógnito 2013.

Às cores

Em Telheiras, Lisboa, nasceu no Verão do ano passado a Chamuçaria - https://achamucaria.pt/ - dedicada ao "delivery" e "take away". O proprietário, Shahid Merali, tinha aberto um catering em 2019, mas a ideia de lançar um mono produto evoluiu para um menu composto por chamuças de vários tipos.

A ideia original foi criar um corante a partir de plantas e vegetais que as diferenciasse. Shahid criou chamuças de várias cores com recheios de frango, frango picante, cabrito, peixe, camarão, choco e lulas, batata, vegetais, lentilhas amarelas e as doces de chocolate picante, tarte de maça e cremosa do chef. Na carta há ainda caris e brianis, entre outras propostas de comida indiana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de