Governo Sombra

Eles querem, podem, mas não mandam! Ricardo Araújo Pereira, Pedro Mexia e João Miguel Tavares - num programa moderado por Carlos Vaz Marques - são o Governo Sombra. Um governo que não decide. Uma equipa ministerial sem consenso. Um conselho de ministros que convive bem com as fugas de informação. Semanalmente, passam a atualidade em revista, examinam à lupa os dossiês, interpelam os protagonistas sem rodeios.
Domingo, depois das 11h00. À segunda-feira, depois das 13h00 em versão compacto

"Estado português matou um cidadão", lembra Ricardo Araújo Pereira

Ricardo Araújo Pereira quis ser "ministro do Silêncio", para falar sobre o caso da morte de um cidadão ucraniano às mãos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Ihor Homeniuk morreu a 12 de março, dois dias depois de ter tentado entrar ilegalmente em Portugal. Segundo a acusação do Ministério Público (MP), o ucraniano terá sido brutalmente espancado, deixado imobilizado, sem assistência médica, até morrer, numa sala no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa. Os três inspectores do SEF acusados de homicídio pelo MP - Bruno Sousa, Duarte Laja e Luís Silva - estão em prisão domiciliária desde 30 de março. A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) não ficou por aí, e vai também instaurar oito processos disciplinares a elementos do SEF na sequência do inquérito que apurou as circunstâncias da morte do cidadão ucraniano. No relatório do IGAI é mesmo descrita uma "tentativa de encobrimento coordenada ao mais alto nível".

Para Ricardo Araújo Pereira, o caso da morte de Ihhor Homenyuk não teve a visibilidade merecida por duas razões: por um lado, o caso é bastante "embaraçoso": afinal, "o Estado português matou um cidadão que estava à sua guarda". Não foi sequer um acidente, mas uma "uma morte macabra!" - Lembra o humorista. Por outro lado, a morte de Ihor Homenyuk demonstra a existência de discriminação de classe em Portugal, defende Ricardo Araújo Pereira: se Ihor Homenyuk fosse milionário, seria "impossível" ter morrido como morreu, defendeu o humorista no Governo Sombra desta semana.

A emissão completa do Governo Sombra, para ver ou ouvir, sempre em tsf.pt

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de