Governo Sombra

Eles querem, podem, mas não mandam! Ricardo Araújo Pereira, Pedro Mexia e João Miguel Tavares - num programa moderado por Carlos Vaz Marques - são o Governo Sombra. Um governo que não decide. Uma equipa ministerial sem consenso. Um conselho de ministros que convive bem com as fugas de informação. Semanalmente, passam a atualidade em revista, examinam à lupa os dossiês, interpelam os protagonistas sem rodeios.
Domingo, depois das 11h00. À segunda-feira, depois das 13h00 em versão compacto

Ricardo Araújo Pereira desiludido com FaceApp: "Pareço uma ameixa seca"

Esta semana uma "app" russa transformou as redes sociais numa espécie de "lar de terceira idade".

A "FaceApp" é uma aplicação que altera fotografias fornecidas pelo utilizador através de vários filtros gerados por inteligência artificial. Um desses filtros cria uma simulação de como o passar de 20 anos pode afetar a aparência de uma pessoa. Mas a app não faz só isso, também recolhe dados pessoais e os termos de uso incluem a cedência de todos os direitos sobre esses dados à app, de origem russa. As pessoas não se aperceberam do quão extensas eram as permissões que estavam a ceder ao utilizarem a "app", e seguiu-se uma onda de indignação nas redes sociais.

O caso foi analisado no Governo Sombra, e Ricardo Araújo Pereira lamenta que os burlões ataquem sempre os velhinhos, mesmo que ainda faltem vinte anos para serem velhinhos: "No meu tempo, havia burlas dirigidas a velhinhos, agora é sobre pessoas que querem saber como ficam quando forem velhinhos. A velhice está sempre envolvida." - conclui.

O humorista não fez o download da "app", mas não tardou a receber uma simulação de como será a sua aparência na velhice. E lamenta o resultado: "estava à espera de ser um senhor muito respeitável, e afinal pareço uma ameixa seca, todo encarquilhado", confessa.

A emissão completa do Governo Sombra, para ver ou ouvir , sempre em tsf.pt

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de