Governo Sombra

Eles querem, podem, mas não mandam! Ricardo Araújo Pereira, Pedro Mexia e João Miguel Tavares - num programa moderado por Carlos Vaz Marques - são o Governo Sombra. Um governo que não decide. Uma equipa ministerial sem consenso. Um conselho de ministros que convive bem com as fugas de informação. Semanalmente, passam a atualidade em revista, examinam à lupa os dossiês, interpelam os protagonistas sem rodeios.
Domingo, depois das 11h00.

Ricardo Araújo Pereira e a violação de direitos humanos no caso Zmar

Humorista questiona a escala de gravidade aplicada às violações dos direitos dos trabalhadores migrantes e às violações dos direitos dos proprietários do empreendimento turístico.

O bastonário da Ordem dos Advogados considerou que a requisição temporária decretada pelo Governo do complexo turístico Zmar, em Odemira (Beja), devido à Covid-19, poderia constituir "uma lesão dos direitos humanos". Luís Menezes Leitão chegou mesmo a pedir pessoalmente a intervenção do Presidente da República quando o advogado dos proprietários das casas do complexo turístico Zmar foi alegadamente impedido de entrar no espaço pelas autoridades.

Ricardo Araújo Pereira diz que o bastonário reconheceu a existência de um desrespeito pelos direitos humanos, mas que talvez tenha falhado no reconhecimento de quem estaria em situação mais grave, ou seja, os trabalhadores migrantes: "Estamos a falar de gente desgraçada, numa escala de desgraça é difícil imaginar o que é que há abaixo destes migrantes, que vêm fazer trabalhos que não queremos fazer, enquanto são explorados por máfias e vivem em situações absolutamente degradantes." - Argumentou o humorista, lembrando que nunca esteve em causa a invasão de estruturas particulares.

A emissão completa do Governo Sombra, para ver ou ouvir, sempre em tsf.pt.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de