Ninguém disse que isto ia ser fácil

Conversas conduzidas pelo jornalista Paulo Farinha sobre dúvidas, alegrias, angústias, sentimentos e todas as emoções que temos quando falamos de educação, parentalidade e relacionamentos. As histórias do dia-a-dia dos filhos que estão a crescer, os pais que estão a envelhecer, a relação que parece à deriva ou a família que não escolhemos mas com a qual temos de lidar. Psicólogos, psiquiatras, psicoterapeutas, terapeutas de casal, educadores, enfermeiros, pediatras, juízes, professores. E todas as pessoas que nos ajudam a falar da vida como ela é, para que ela seja mais como gostaríamos que fosse. Ou só para a entendermos melhor.

Sónia Morais Santos e as mães que vivem sempre com sentimentos de culpa

Não amamentei, não gosto de brincar com o meu filho, passo muito tempo no trabalho, fiz uma cesariana.

"Eu não gosto de brincar com os meus filhos. Faço um frete." Há onze anos, quando Sónia Morais Santos escreveu isto pela primeira vez no blogue Cocó na Fralda, não fazia ideia que tanta gente se iria rever naquelas palavras. Para a jornalista, este e outros sentimentos de culpa continuam a perseguir muitas mulheres. Do tempo que passam no trabalho ao facto de não amamentarem ou não terem tido um parto natural, há angústias comuns a muita gente.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados