O Bichinho da Rádio

Saúde, comportamento e direito animal, Gente, bichos e a nossa vida em comum.
Para ouvir à segunda-feira, depois das 18h30. Com Dora Pires.

Procuram-se voluntários para vigiar linces ibéricos no Algarve

A proposta é do Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico, em Silves. Há quatro vagas. Oferece-se alojamento e uma possibilidade rara de tomar conta de centenas de animais de uma espécie que corre contra a extinção.

É tudo à distância, por videovigilância. Mas também pode ser uma aventura.

O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas procura quem tenha interesse e pelo menos três meses, a partir de maio, para ajudar a tomar conta de alguns dos 16 cercados, cada um com cerca de 30 linces. Vivem aqui muito perto das condições naturais, mas estão sob muitos cuidados.

Os voluntários terão de aprender a operar as câmaras que controlam todos os movimentos dos animais, "os linces, coitados, não têm privacidade nenhuma, mas é para bem deles", justifica João Alves, técnico do ICNF.

Interessa perceber se há animais estranhos ou algum tipo de ameaças no cercado, como interessa perceber se algum lince dá sinais de problemas, nomeadamente de saúde, "e isso também tem de ser ensinado, para que possam depois comunicar essas situações aos tratadores", acrescenta João Alves.

Essencial, é "que os linces não tenham contacto com humanos, ou que o tenham o menos possível", o objetivo é serem libertados na natureza e a proximidade com pessoas pode significar uma sentença de morte; num monte do Alentejo ou numa estrada algarvia.

João Alves tem no entanto uma boa nova para quem sonha ver de perto e ao vivo um destes linces ibéricos, os dois primogénitos, os primeiros linces do Centro estão agora no jardim Zoológico de Lisboa. "Vão passar os seus últimos anos, esperamos que ainda sejam muitos, agora que já cumpriram a função de reprodução, com um trabalho igualmente nobre". Vão ensinar porque motivo vale a pena tanto cuidado a evitar que se extingam.

Ouça aqui todas as emissões do "Bichinho da Rádio".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de