Agustina Bessa-Luís gostava de fazer milagres

Agustina Bessa-Luís, escritora com mais de meio século de atividade literária, foi a convidada deste "Pessoal... e Transmissível".

A TSF mergulhou no arquivo e recuperou uma conversa com a escritora Agustina Bessa-Luís na rádio, em 2003.

Agustina Bessa-Luís morreu, esta segunda-feira, no Porto, aos 96 anos. A escritora, que se encontrava em sua casa, no Porto, terá sido vítima de doença prolongada.

Foi autora de mais de meia centena de obras, entre romances, contos, peça de teatro, biografias, crónicas de viagem, ensaios, livros infantis e guiões para televisão. A sua obra foi traduzida para alemão, castelhano, dinamarquês, francês, grego, italiano e romeno. Em 2004, recebeu a mais alta distinção da literatura portuguesa, o Prémio Camões.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de