Postal do Dia

Já ninguém escreve postais, mas a TSF insiste e manda bilhetes postais com destinatário. Em poucas palavras mas com ideias que fazem pensar: "Postal do Dia", com Luís Osório. De segunda a sexta-feira, depois das 18h00 e sempre em tsf.pt.

Paulo de Carvalho – Texto de resposta ao artigo de Luís Osório

Fui recentemente vítima de uma série de graves calúnias por parte do jornalista Luís Osório, através do seu espaço na TSF - Rádio Notícias e, depois, nas redes sociais, onde foram amplificadas.

O Luís Osório acusa-me de factos ocorridos há pelo menos 30 anos e lhe terão sido relatados por seu pai José Manuel Osório, entretanto falecido.

Lamento que o Luís Osório invoque a memória do seu Pai - de quem fui amigo - para, sem jamais ter procurado confrontar-me com os "factos", lançar sobre mim uma mentira infame. A qual repudio com a mesma intensidade com que me chocou.

Fui eu quem acompanhou o José Manuel Osório durante a doença, confirmada no Instituto Ricardo Jorge, levando-o ao Prof. Machado Caetano. E, nos anos seguintes (e foram alguns), continuou a trabalhar comigo e apenas por sua livre vontade essa colaboração chegou ao fim. Nem foi despedido, nem jamais o estigma de uma qualquer doença seria motivo para me afastar de quem quer que fosse. Estou de consciência plenamente tranquila.

Pensei deixar passar a ofensa e permanecer em silêncio. Infelizmente, o eco nas redes sociais tornou-se insuportável, acabou por atingir a minha família e tornou inevitável este desmentido.

Repito, se estou a responder é só para me defender da forma como me acusa.
Essa sim, "pornográfica".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de