Sinais

"Sinais" nas manhãs da TSF, com a marca de água de sempre: anotação pessoalíssima do andar dos dias, dos paradoxos, das mais perturbadoras singularidades. Todas as manhãs, num minuto, Fernando Alves continua um combate corpo a corpo com as imagens, as palavras, as ideias, os rumores que dão vento à atualidade.
De segunda a sexta, às 08h55, com repetição às 14h10.

Baixa Cavalaria

Acondicionado o zuaque na cadeira, verificados os estribos e os estribilhos, os dois candidatos acondicionaram a viseira e a rédea, prepararam-se para a carga ligeira e para os saltos de obstáculos.

Vai um, lança em riste: que o outro não passa de menino impreparado, representante da linhagem mariquinhas. Vai o outro, puxa dos galões dos avós e enfeita o adversário com a coroa de rei da bazófia. E aí chegados, faz da cabeça hostil uma pradaria: "Um esquadrão de cavalaria à desfilada na sua cabeça", sentencia, "não esbarra com uma única ideia".

Por mais linhagem, por mais arte de cavalgar toda a sela, cavaleiro e cavalgadura confundem-se, muitas vezes, no trote.

Jean Giraudoux, o dramaturgo que foi o primeiro escritor de sempre condecorado com a Legião de Honra de Guerra, declarou, certa vez, que "o cavalo é a parte mais importante do cavaleiro". Isso terá, quem sabe, dado pradaria ao uso da expressão "grande cavalgadura".

Já o Pessoa, que não era da equitação, deixou lavrada a teoria de que "os cavalos de cavalaria é que formam a cavalaria. Sem as montadas, os cavaleiros seriam simples peões".

A cadeira do poder, no Estado ou na chefia de um partido, é um lugar instável. Por mais que o ocupante se reclame da arte de cavalgar toda a sela, não evita que outro cavaleiro trate de o apear.

A crer na demonstração dos ideais de cavalaria dos contendores no redondel mediático, nenhum Cervantes deixará nota de rodapé sobre estes Palmeirins. Em nenhum destes peitos, por mais ilustres e mais lusitanos, brilhará a Ordem do Tosão de Ouro ou a do Cardo Selvagem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de