Sinais

Os "Sinais" nas manhãs da TSF, com a sua marca de água de sempre: anotação pessoalíssima do andar dos dias, dos seus paradoxos, das suas mais perturbadoras singularidades. Todas as manhãs, num minuto, Fernando Alves continua um combate corpo a corpo com as imagens, as palavras, as ideias, os rumores que dão vento à actualidade.
De segunda a sexta, às 08h55 e 14h10

Quando as árvores explodem

Os cientistas acumulam evidências de que as alterações climáticas agravam os grandes incêndios florestais cada vez mais frequentes em indistintas épocas do ano.

Em Agosto passado as Nações Unidas manifestavam, também, a preocupação reversa, face, por exemplo, ao impacto dos grandes fogos da Amazónia nas alterações climáticas.

Mas a grelha de análise da ciência escapa ao grande negacionista.

Se lhe falam em alterações climáticas, o presidente dos Estados Unidos continua a tapar os olhos e os ouvidos; antes tapasse a boca.

Com a América a arder, ele tenta virar o vento das palavras de Biden, alinhadas com a evidência científica. Trump prefere acusar os governadores estaduais. Não por acaso, 20 estados norte-americanos acabam de processar o presidente. A emergência climática fará, inevitavelmente, parte da agenda da campanha presidencial e, assim sendo, é de prever que Trump se multiplique em declarações meio cabalísticas sobre o modo como as árvores caídas ficam secas e "explodem", provocando incêndios.

Há tempos, cientistas da Universidade de Grenoble descobriram que, quando desfalecem, as árvores emitem estalidos ultra-sónicos. Isso deu um magnífico título de jornal: "As árvores gritam quando estão a morrer".

Mas estas são subtilezas que escapam a quem vê o mundo com os olhos de Trump. Como avisa o poema de Ramos Rosa, "cada árvore é um ser para ser em nós / Para ver uma árvore não basta vê-la".

Seguindo o raciocínio de Trump, algo em nós encolhe e mirra. Como uma árvore caída, ficando seca até se transformar, como ele explicou, num "palito de fósforo". Seguindo o raciocínio de Trump, algo em nós simplesmente explode.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de