TSF à Mesa

Portugal fora, as fronteiras entre regiões são traçadas pelas paisagens e pela mesa. Das cidades às serras ou na imensidão das planícies, da melhor tradição portuguesa ao vanguardismo mais ousado. António Catarino sugere um país gastronómico que vale a pena apreciar.

Ninho de qualidade às portas do Montijo

O santuário de N. Sr.ª da Atalaia é referência nos arredores do Montijo. Na povoação, atravessada pela EN 4, há um restaurante conhecido pelos grelhados e outros pitéus que refletem uma cozinha feita com saber.

Às portas do Montijo, o santuário de Nossa Senhora da Atalaia destaca-se no plaino que se estende até ao Alentejo. O templo, com um vasto adro delimitado por três cruzeiros, terá sido construído no século XVII, no local onde existia uma capela.

É lugar de romaria anual - conhecida por Festa Grande - no último fim de semana do mês de agosto.

Local de boa mesa na Atalaia é o restaurante O Ninho, facilmente identificável: fica na avenida D. Manuel I, que não é mais do que um troço da estrada nacional 4, que atravessa a povoação.

Para ouvir: Ninho de qualidade às portas do Montijo

A casa tem cerca de três décadas de existência mas, desde 2008, que ganhou outro fôlego, com a mudança de liderança. Os grelhados - carne ou peixe - são o ponto forte deste restaurante de comida tradicional portuguesa. A boa matéria-prima e os ingredientes selecionados garantem a qualidade do que chega à mesa.

A sala, com lotação para meia centena de comensais, é confortável, com decoração sóbria. Cadeiras e mesas, aparelhadas a preceito, em madeira.

O preâmbulo, com sabor marinho, está a cargo de amêijoas à Bulhão Pato, canilhas, burriés e conquilhas ou, em alternativa, um pratinho com presunto.

Com outra substância, as carnes na grelha são uma imagem de marca da casa. O bife do lombo com manteiga de alho é uma especialidade, particularmente apreciada pela qualidade e acerto culinário.

Outras opções são o borrego na brasa e uma proposta para duas pessoas partilharem peças de carne de vaca servidas numa tábua. Nos meses de inverno, o cozido à portuguesa tem dia certo: é atração à quarta-feira.

O capítulo referente às propostas piscícolas é igualmente atraente: da popular sardinha assada à raia cozida à Ninho e aos choquinhos fritos com tinta, regra geral há muito que escolher para grelhar: ferreiras, lulas frescas, pargo, robalo. Para acompanhar, batata cozida e legumes.

O peixe frito com arroz de tomate é outra boa opção. Os arrozes de sapateira e de polvo e as caldeiradas - enguias ou de peixe, incorporando raia. tamboril e safio - engrandecem a lista.

Para finalizar, pudim de ovos ou arroz doce são opções relevantes.

Boa garrafeira. Serviço muito simpático neste restaurante que é um Ninho de qualidade. Na Atalaia, Montijo.

Onde fica:
Localização: Atalaia (Montijo)
Telef.: 21 231 89 88

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de