TSF à Mesa

Portugal fora, as fronteiras entre regiões são traçadas pelas paisagens e pela mesa. Das cidades às serras ou na imensidão das planícies, da melhor tradição portuguesa ao vanguardismo mais ousado. António Catarino sugere um país gastronómico que vale a pena apreciar.

Magma gaiense

A zona ribeirinha de Vila Nova de Gaia transformou-se, nos últimos anos, num polo de atração turística, não só pela panorâmica soberba que dali se desfruta, mas em especial pelos serviços de enoturismo e de unidades hoteleiras de excelência.

A reconversão de alguns dos antigos armazéns de vinho do Porto alterou por completo a fisionomia da zona histórica gaiense.

A meio da encosta sobranceira ao rio Douro, o Hilton Porto Gaia é um dos hotéis mais recentes. Aberto há pouco mais de um ano, integra dois restaurantes - Composto e Magma - este último no 3.º piso e tem igualmente a funcionalidade de bar.

A sala, muito ampla e confortável, em estilo moderno, marcada pela sobriedade na decoração, oferece uma vista soberba para o rio e para o Porto.

A carta reflete aposta em pratos de base tradicional com interpretação mais contemporânea, aproveitando ingredientes de qualidade.

O lado mais internacional está patente nas entradas e na oferta de massas e risottos.

Para começar, há carpaccios: asiático ou de courgette assada, pinhões torrados, mostarda e funcho.

Neste capítulo, referência para o cherokee burratina e para o ceviche peruano.

O tártaro de novilho com parmesão e creme de abóbora é alternativa relevante.

Na secção titulada "Da terra", surgem bife de mostarda; lombo de boi à portuguesa; vitela cozinhada a baixa temperatura com arroz de cenoura e ervilhas e, para partilhar, jarrete de vitela com batata, cebolinhas, bacon, castanhas e cogumelos da época.

"Do mar" é outro capítulo, preenchido com bacalhau cozinhado a baixa temperatura; pregado do oceano com xerém de algas e amêijoas, manteiga de espumante e pó de alface-do-mar.

Outra sugestão: tentáculo de polvo com puré de batata-doce e funcho grelhado.

Em ocasião especial, saboreámos um aveludado creme de ervilhas com bacon, que antecedeu as bochechas estufadas com cogumelos. Carne excelente, plena de sabor, a merecer nota alta.

Para terminar, chocolate com tâmara, bolacha e caramelo salgado, entre outras sugestões, incluindo uma seleção de queijos.

Carta de vinhos de bom nível, com quatro referências de verdes. Serviço a copo neste restaurante com uma cozinha credora de boa nota e uma panorâmica magnífica.

Onde fica?

Magma, em Vila Nova de Gaia.

Localização : Vila Nova de Gaia

Contacto: 22 244 9200

GPS : 41.13610 N ; -8.61851 W

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de