TSF à Mesa

Portugal fora, as fronteiras entre regiões são traçadas pelas paisagens e pela mesa. Das cidades às serras ou na imensidão das planícies, da melhor tradição portuguesa ao vanguardismo mais ousado. António Catarino sugere um país gastronómico que vale a pena apreciar.

O vizinho da fortaleza da Arrifana

A praia da Arrifana, aconchegada baía, protegida pelas falésias xistosas, que conferem aquele recanto da Costa Vicentina um encanto muito especial, é um paraíso para surfistas.

A Pedra da Agulha, imponente rochedo de formato retangular, a curta distância do areal, destaca-se na imensidade azul do oceano.

No topo da falésia, hoje um miradouro muito visitado, foi construída em 1635, durante o domínio filipino, uma fortaleza para defesa da costa e da almadrava, uma armação para a pesca do atum.

No horizonte, é possível avistar a norte, o cabo Sardão; a sul, o Pontal da Carrapateira e, lá em baixo, o portinho da Calheta.

Vizinho privilegiado do velho forte, é o Paulo, restaurante com magnífica panorâmica, graças a tão esplêndida localização.

É um restaurante moderno, bem integrado na paisagem; confortável e com uma decoração marcada pelo bom gosto. Uma ampla superfície envidraçada permite desfrutar da paisagem, enquanto saboreamos uma refeição de peixe e marisco, maioritários na lista.

Para começar, sopa de peixe da costa; no entanto. é vasto o capítulo de entradas, em que se destacam salada de polvo da costa; cogumelos recheados; pera abacate com camarão e molho ou terrina de sapateira com tosta.

As cataplanas - de marisco, com lavagante e lagosta; de peixe ou de amêijoas com carne de porco - estão no lote das especialidades desta casa, onde o marisco tem um lugar muito especial, graças à variedade e frescura das espécies:.

Há dois tipos de mariscadas - à Arrifana e à Paulo e outras opções: ameijoas, mexilhão, sapateira, camarão, ostras, percebes, gambas figuram, praticamente, todos os dias no expositor, ainda que estejam disponíveis quando o mar permite.

Um trio de arrozes - tamboril com camarão; marisco ou lingueirão - reforça o capítulo das especialidades da casa, a par da apreciada massada de peixe.

A ementa, particularmente vasta, apresenta caldeirada; espetada de peixe com gambas; polvo suado com batata doce; bacalhau à lagareiro e caldeirada de peixe da costa.

Para grelhar, a escolha é ampla; não faltam alternativas: robalo, pargo, cherne, sargo, entre outras espécies.

Nas escolhas cárnicas, o bife de lombo à Paulo, com três tipos de molhos - pimenta, cogumelos ou porto - é uma das opções; outra, as costeletas de borrego.

Para terminar, a torta de alfarroba é boa sugestão.

Boa carta de vinhos. Serviço razoável neste restaurante onde a panorâmica enche a vista; o peixe e o marisco deliciam o estômago.

Restaurante O Paulo, na praia da Arrifana.

Localização: Arrifana (Aljezur)

Contacto: 282 995 184 ; 934 975 250

GPS: 37.29643 N ; -8.87375 W

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de