TSF à Mesa

Portugal fora, as fronteiras entre regiões são traçadas pelas paisagens e pela mesa. Das cidades às serras ou na imensidão das planícies, da melhor tradição portuguesa ao vanguardismo mais ousado. António Catarino sugere um país gastronómico que vale a pena apreciar.

Peixe e marisco no Salitra

A Apúlia, praia famosa pelo elevado teor de iodo, deve o nome, segundo algumas teorias, às legiões romanas que, ali chegadas, depararam com construções semelhantes aos trulli, edificações em pedra e de telhado cónico, existentes na italiana Apúlia.

E assim ficou o nome da povoação nortenha, conhecida pelos sargaceiros que varriam o areal na apanha do sargaço, a alga marinha de crescimento rápido aproveitada para fertilizar os campos.

Dessa tradição resta pouco mais que a recordação desses tempos e a memória de sete moinhos e uma azenha hidráulica, que existiram no lugar de Areia, daquela freguesia do concelho de Esposende.

Hoje em dia, o restaurante Salitra é um cartaz daquele lugar. Peixe e mariscos dominam a lista da casa de ambiente descontraído, e onde a grelha é elemento destacado do espaço onde reina a informalidade.

Uma esplanada envidraçada duplica a capacidade da sala interior.

Para começar, há mexilhão com gambas; polvo e chouriço servidos em pratinhos; gambas salteadas ou grelhadas; pimentos de Padrón; amêijoas.

No reino marisqueiro, a sapateira recheada tem tradição na casa, navalheiras e camarão da costa são outras opções neste capítulo.

O arroz de marisco, muito apreciado pela clientela deste restaurante, é de algum modo, uma especialidade da casa.

Na lista, destaca-se a espetada de polvo com vieiras; aliás, pouco comum. Mais habitual, a de lulas com gambas.

O arroz de tamboril e o polvo grelhado acentuam os sabores marinhos predominantes neste restaurante, onde também e apresenta como opção o bacalhau à Salitra.

O peixe fresco, mediante a disponibilidade diária, tem como destino a grelha. Robalo, pregado, dourada, sardinha são as espécies mais habituais.

Apreciou-se um filete de robalo grelhado acompanhado com legumes, que satisfez pela frescura do peixe.

A oferta em termos de pratos de carne é reduzida, limitando-se a costelinha com arroz de feijão; posta à Salitra; trinchada grelhada e costeletão.

Para os peregrinos do Caminho de Santiago, na rota de Compostela pela costa, há um menu especial.

Sobremesas variadas.

Garrafeira suficiente. Serviço simpático. Restaurante Salitra, na Apúlia.

Onde fica?

Localização; Areia, Apúlia (Esposende)

Contacto : 253 102 995

GPS : 41.48264 N ; -8.77590 W

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de