TSF à Mesa

Portugal fora, as fronteiras entre regiões são traçadas pelas paisagens e pela mesa. Das cidades às serras ou na imensidão das planícies, da melhor tradição portuguesa ao vanguardismo mais ousado. António Catarino sugere um país gastronómico que vale a pena apreciar.

Portal sublime

Debruçada sobre o vale do rio Pinhão, Celeirós do Douro destaca-se entre as vinhas que, em 1756, já produziam um branco de "feitoria", definição elogiosa que traduzia a qualidade do vinho.

Para Miguel Torga, que nasceu ali bem perto, em S. Martinho de Anta, era «o sol engarrafado» de uma região única, onde a Quinta dos Muros é propriedade na posse da família Mansilha desde a 2.ª metade do século XIX.

Nos dias de hoje, a Quinta do Portal é o ex-libris do projeto empresarial gerido pela mesma família e com forte aposta no enoturismo de qualidade.

O restaurante da Quinta do Portal, aberto em 1994, é um dos pilares da estrutura, que inclui alojamento na Casa das Pipas e na Casa do Lagar.

Vizinho do armazém de vinhos, edifício de características invulgares, projetado por Álvaro Siza Vieira, que valoriza e enobrece a quinta, o restaurante destaca-se pela cozinha de autor.

A sala, envidraçada, é espaçosa, tem capacidade atual para 80 pessoas; o ambiente tranquilo e a lareira transmitem bastante conforto.

A panorâmica é magnífica: as vinhas abrem-se ao nosso olhar, que se perde até Favaios, lá no alto, a delimitar o horizonte, onde também se vislumbra Sabrosa.

No tempo quente, a esplanada, muito procurada, oferece mais 40 lugares.

No restaurante da Quinta do Portal, o menu muda todos os dias. A prioridade do chefe Milton Ferreira é apostar nos produtos frescos da época, provenientes da vizinha horta biológica, garantindo mais sustentabilidade.

Receber um produto é diferente de vê-lo crescer, sublinha o jovem chefe, estudioso e já com muito mundo, empenhado em proporcionar uma experiência à mesa.

Há dois tipos de menu - Evolução no Douro, com 4 momentos) e Do Chefe, com 5.

A saudação do chefe, dando as boas-vindas, incluiu, seguindo a ordem estabelecida, creme de cogumelos silvestres com picadinho de frutos secos; terrina de leitão, laranja dos Fidalgos e pão migado e, um ícone da casa, a esfera de alheira, envolvida em sementes de sésamo com puré de maçã.

O ceviche de peixe, coberto com gel de pimentos e de rúcula, com leite de coco, revelou-se primoroso, acompanhado com o Portal Rosé 2021.

A entrada - vieira coberta com caviar algas negras, couve-flor em várias texturas, crocante e puré; pão migado em azeite e acelga da horta - justificou forte aplauso.

Harmonização perfeita com o monocasta Portal Síria 2021, uma novidade no portefólio da casa.

O prato de peixe - robalo, coberto com caviar de salmão, arroz cremoso de açafrão e citrinos, pak choi, espargos, curgete e acelga da horta - resultou numa portentosa explosão de sabores, harmonizada com o Portal Reserva Branco 2021.

O passo seguinte realçou um excelente produto da região: posta maronesa com puré de castanha caramelizado. Outro puré - de escabeche de cenoura - mais ácido, proporcionou agradável frescura e a trufa negra deu aroma e sabor muito especiais a este prato sublime, acompanhado à altura com o Portal Grande Reserva Tinto2019.

Para terminar em apoteose, uma sobremesa fotogénica: torta de abóbora, com creme do legumes, gelado de baunilha e areia de bolacha na base para saborear com um Porto Tawny 10 anos.

Um doce remate para uma refeição muito rica em sabores, com assinatura de um chefe fiel à casa onde, 13 anos depois, revela maturidade e evolução. Um trabalho sério e apaixonado, longe dos holofotes mediáticos.

No Douro, a 5 quilómetros de Sabrosa, o restaurante da Quinta do Portal, com serviço de qualidade, proporciona uma experiência para recordar.

Localização: Celeirós do Douro (Sabrosa)

Contacto: 259 937 000 ; 968 120 127

GPS: 41.23898 N ; -7.56922 W

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de