TSF Pais e Filhos

Como a intuição não chega e eles não nascem com livro de instruções, a TSF propõe um programa para partilhar ideias, conselhos de quem sabe (desde os conselhos técnicos de pediatras e psicólogos, aos conselhos de pais), propostas de lazer, de brincadeiras, de passeios e reportagem. Sem nunca deixar de responder às dúvidas dos pais, vamos também ouvir os filhos. Com coordenação de Rita Costa.
De segunda a sexta, às 08h40, com repetição às 16h40. Edição alargada à terça-feira, às 18h45.

As crianças devem tomar sempre o mesmo pequeno-almoço?

Repetir a mesma refeição todos os dias não fornece uma alimentação rica. É preciso variar. O alerta é da nutricionista Ana Leonor Perdigão.

Há, em particular ao pequeno-almoço, alguma tendência de repetir sempre a mesma refeição. "Se ela não é muito boa num dia, nunca é muito boa porque é sempre igual e temos tantos alimentos disponíveis que não faz sentido repetir pequenos almoços", afirma Ana Leonor Perdigão.

Assim, variar dever ser a primeira regra para o pequeno-almoço. Igualmente importante é incluir sempre três grupos de alimentos: cereais, laticínios e fruta.

Pode ser pão, cereais de pequeno-almoço (com pouco açúcar), tostas ou torradas com leite, queijo ou iogurte e fruta. "A fruta é muitas vezes esquecida e é muito importante porque tem água, energia, açúcares naturais e tem muitas vitaminas e fibra", lembra a nutricionista.

"Estas são as regras, agora é pôr a criatividade a funcionar e em cada dia encontrar em cada grupo um alimento diferente para conjugar e fazer um pequeno-almoço que agrade, que seja fácil de consumir e que nos dê os nutrientes de que precisamos para um dia em pleno, um dia cheio e preenchido de atividades, no caso das crianças, e muito exigente na maior parte dos casos."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de