TSF Pais e Filhos

Como a intuição não chega e eles não nascem com livro de instruções, a TSF propõe um programa para partilhar ideias, conselhos de quem sabe (desde os conselhos técnicos de pediatras e psicólogos, aos conselhos de pais), propostas de lazer, de brincadeiras, de passeios e reportagem. Sem nunca deixar de responder às dúvidas dos pais, vamos também ouvir os filhos. Com coordenação de Rita Costa e sonoplastia de Miguel Silva.
De segunda a sexta, às 08h40 e 16h40

Teletrabalho, cuidar dos miúdos... Como ser pai durante a quarentena?

Não é altura para perfeccionismos. Importa sim, aceitar a excecionalidade dos dias que vivemos. O conselho é da psicóloga clínica, Raquel Raimundo. Afinal, as crianças precisam do apoio e do humor dos pais para lidarem com o isolamento.

As atuais circunstâncias não são fáceis de gerir para as famílias. Aos pais é lançado o desafio de trabalharem em casa, através do regime de teletrabalho, e ao mesmo tempo, cuidarem dos seus filhos.

Raquel Raimundo, psicóloga clínica, relembra que as crianças em idade pré-escolar requerem cuidados mais próximos e vigilância constante.

Nos mais velhos, é essencial acompanhar de perto "as tarefas escolares e parte do trabalho que, de alguma forma, numa situação regular seria feito pela escola", acrescenta a psicóloga.

Durante esta epidemia sem prazo para terminar, Raquel Raimundo aconselha os pais a "ter calma, paciência e a serem menos exigentes quer com os filhos, quer consigo mesmos".

A psicóloga clínica recorda que toda a família está a ajustar-se a esta realidade, logo não é o momento para perfeccionismos.

"É talvez a melhor altura para nos lembrarmos que não há pais perfeitos. É o momento de conseguir gerir estes novos papéis da melhor maneira possível atendendo às limitações e às circunstâncias em que nos encontramos", diz Raquel Raimundo

Ouça aqui este "TSF Pais e Filhos", um programa de Rita Costa, com sonorização de Miguel Silva

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de