Um dia de cada vez

De novo obrigados a Um Dia de Cada Vez, de que fazemos os dias? A jornalista Teresa Dias Mendes reabre a janela da rádio e dá-nos a ver o modo como se resiste a um novo isolamento.
Para ouvir à quinta-feira, pelas 13h20 e em TSF.PT

Porque conversar é caminhar com palavras

O pão que a Criatura amassou

Entre as cidades e a serra. As cidades da Covilhã e do Fundão e a Serra da Estrela. Foi ali mesmo que fermentou o segundo álbum do colectivo Criatura, o grupo de músicos e artistas que faz das raízes coração e que desta vez seguiu o trilho da geografia e das memórias que povoam o mapa da Beira Baixa.
BEM-BONDA é a expressão popular que dá nome ao disco, PEDRA-PÃO, a escultura comestível que lhe dá rosto.
Pão e música sobre a mesa. Um dia de cada vez.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de